O que fez?


Veja o que o Vereador Eduardo Ortiz fez em seu primeiro mandato (2013-2016):

FISCALIZOU OS ÓRGÃOS E SERVIÇOS PÚBLICOS

Ortiz criou o projeto “Vereador: Fiscal do Povo”, que consistia na fiscalização “in loco” de obras e serviços públicos. Nestas visitas, Ortiz verificava quais eram as demandas e levava todas as solicitações aos departamentos competentes, solicitando as melhorias. Isso tudo era documentado em vídeo, e postado na internet, com o objetivo de manter a população informada sobre seu trabalho.

VISITOU E FISCALIZOU OS BAIRROS DA CIDADE

Com o projeto “Vereador nas Ruas”, Ortiz visitou os bairros da cidade para conhecer de perto a realidade de cada local. Nestas visitas, Ortiz pôde conversar com a população, visitou obras em andamento, registrando tudo em vídeo.

RECUSOU CELULARES E CARROS OFICIAIS

Para evitar gastos, Ortiz recusou os dois aparelhos de celular a ele oferecidos e não fez uso dos carros oficiais da Câmara. Dentro e fora do gabinete, cada um usava o seu próprio celular. E, tanto o então vereador, quanto seus assessores , utilizavam seus próprios carros.

CONSEGUIU IMPEDIR A CONSTRUÇÃO DO NOVO PRÉDIO DA CÂMARA

Ortiz foi contra a construção do novo prédio da Câmara Municipal, que custaria mais de 15 milhões de reais, por entender que Itu tinha outras prioridades. A pressão, mais uma vez foi tanta em cima dos vereadores, que desistiram de construí-la.

DIVULGOU TODOS OS ANOS SEU IMPOSTO DE RENDA

Em uma atitude inédita, o vereador Eduardo Ortiz divulgou todos os anos em seu site e em suas revistas, seu Imposto de Renda para as pessoas analisarem se a evolução do seu patrimônio estava de acordo com seus rendimentos.

DIVULGOU OS SEUS HOLERITES E DOS SEUS ASSESSORES

Todos os meses, o vereador Eduardo Ortiz divulgou em seu site os holerites de pagamento, tanto do vereador quanto de cada um dos seus assessores. No gabinete do Eduardo Ortiz, a transparência era levada a sério!

DIVULGOU OS GASTOS DO SEU GABINETE

O vereador Ortiz divulgou todos os meses em seu site todos os gastos do seu gabinete. Despesas como as de telefone fixo , por exemplo, eram publicadas em forma de relatório em seu site.

LUTOU PELA MUDANÇA DO HORÁRIO DAS SESSÕES

O 1º trabalho legislativo do Ortiz foi propor a mudança do horário das sessões da Câmara para à noite, visando maior participação popular. Infelizmente, a maioria dos vereadores votou contra. Ortiz apresentou o mesmo projeto mais duas vezes, mas não teve êxito em nenhuma das tentativas.

TRANSMITIU E GRAVOU AS SESSÕES PELA INTERNET

Em um projeto pioneiro e sem custo para a população, o vereador Ortiz disponibilizou em seu site a transmissão em tempo real das sessões legislativas, dando oportunidade às pessoas de acompanhar os trabalhos realizados na Câmara. E para quem não podia acompanhar as sessões ao vivo, o vereador Ortiz disponibilizou a gravação das sessões, sem cortes e sem edições, em seu site. Até hoje, as sessões são transmitidas pela internet. Legado do Ortiz!

CRIOU O PROJETO “GABINETE NA PRAÇA”

O vereador Ortiz decidiu transferir seu gabinete para a “Praça da Matriz”! Todo segundo sábado do mês, das 9h00 ao meio-dia, Ortiz montava uma tenda em plena praça para atender a população.

FOI CONTRA O AUMENTO DO NÚMERO DE CADEIRAS NA CÂMARA

Em sua legislatura (2013-2016), quando consultado, Ortiz foi contra o aumento no número de cadeiras de vereadores na Câmara. Ortiz participou do movimento "13 Bastam", organizado pelo Novo, partido que foi filiado. Esse movimento teve como objetivo impedir o aumento no número de cadeiras, obtendo êxito em sua luta, pois os vereadores da época desistiram de aumentar o número de vagas. Mais cadeiras significa mais gasto do dinheiro público!

PROPÔS LEIS IMPORTANTES PARA A NOSSA CIDADE

Ortiz propôs Leis importantes para a cidade, tais como a sinalização dos orelhões para os deficientes visuais, Lei em favor das Gestantes e Obesos, Lei sobre a Fibromialgia, Dia da Pessoa com Deficiência, Dia do Capoeirista, Lei para os bancos disponibilizarem Cadeiras de Rodas, Emendas à Lei Orgânica destinando recursos para reforma e ampliação de escolas, Projeto de Lei que obriga as unidades de saúde de Itu a divulgarem os nomes dos profissionais de saúde (médicos, enfermeiros...) com seus horários de plantão, entre outras proposituras.