RECUSOU CELULARES E CARROS OFICIAIS


RECUSOU CELULARES E CARROS OFICIAIS

Para evitar gastos, Ortiz recusou os dois aparelhos de celular a ele oferecidos e não fez uso dos carros oficiais da Câmara. Dentro e fora do gabinete, cada um usava o seu próprio celular. E, tanto o então vereador, quanto seus assessores , utilizavam seus próprios carros.